Perfil

Kaio Joan

Leonino de 25 anos, sou formado em Relações Públicas e pós-graduando em Marketing. O Conteúdo Masculino, da forma mais ampla da palavra, surgiu da necessidade de compartilhar informação na blogosfera, especialmente para eles!

Espero que gostem!

23 maio 2019

A importância da moda sustentável

Muito se fala em tendências, vestuários, lojas de departamento etc. Estamos vivendo imersos ao consumo desenfreado - e o pior, sem poupar uma coisa importante: o planeta. O post de hoje fala um pouco sobre a importância da moda sustentável. Você já ouviu falar? Vem saber mas!
Foi estimado que em 2014, 6 bilhões de peças de roupa foram produzidas em todo o mundo. O Brasil ocupa o 4º lugar na cadeia de produção da indústria têxtil. Só no país, mais de 175 mil toneladas de resíduos têxteis são produzidos, e apenas 4% é reciclado.

Como qualquer outro tipo de despejo que não é corretamente reciclado, a acumulacão de resíduos têxteis tem um grande impacto no meio ambiente, o que deu à origem da procura de educar a sociedade para reduzir estes resíduos. O conceito de fast-fashion (moda rápida) é certamente um dos motivos que levou ao crescimento de consumo e desperdício na indústria dos têxteis.

A produção de têxteis em países em desenvolvimento permite a venda barata de vários produtos, o que criou uma grande desvalorização no valor comercial desses produtos, oferecendo a sua venda ao consumidor a baixo custo.
A mídia, as grandes marcas e até influenciadores online são os maiores promotores de tendências, que atualmente, não se mantém por muito tempo - e que logo são atualizadas.

Essa tentativa de se manterem relevantes dentro da indústria gera um ciclo vicioso de curtas tendências que levam o público a comprar roupas que descartam numa questão de semanas até a próxima tendência ascender nas redes sociais.

Este padrão origina um desperdício que tem um impacto negativo no meio ambiente, e um novo conceito de moda sustentável pode ser exatamente o que a saúde do planeta precisa.
Moda sustentável é definida como um consumo consciente, por outras palavras, ter uma noção do impacto econômico e ambiental que a compra de cada produto tem. Tendo esta consideração, esta alternativa procura reduzir este impacto ao mínimo possível, incentivando uma sociedade menos consumidora que cumpra o seu papel na reciclagem de têxteis.

Sustentabilidade em moda não é relacionada apenas com a produção e lixo da indústria de têxteis, mas também no meio de produção e distribuição dos bens. A proposta de uma prática mais sustentável para o mundo da moda procura reduzir os danos da indústria no meio-ambiente, por exemplo, ao substituir os materiais atualmente utilizados por fibras naturais que não necessitam pesticidas de modo a preservar a qualidade dos solos e dos rios. Como exemplo, as grandes cadeias deviam de optar pela utilização de materiais recicláveis de modo a reduzir a exploração de matéria prima.
Alterar o método de produção é certamente atacar a origem do problema, mas de momento, também cabe à sociedade reciclar as suas roupas antigas e dar lugar a novas. Passar as suas roupas que já não usa aos seus familiares mais novos, ou os entregar a uma instituição de caridade são algumas das formas que pode reciclar suas roupas estendendo o tempo de vida das mesmas.

Outra alternativa lucrativa, é vender essas roupas numa das plataformas disponíveis tanto na internet como na loja de aplicativos de celular. Dessa forma, não só irá ganhar espaço no seu armário, como também poderá guardar um pouco mais em seu bolso.


1 comentários:

  1. escutamos falar de economia sempre,muitas industrias estão preocupadas na venda que gera o incentivo ao consumo, quando nossa prioridade deveria ser cuidar do nosso planeta, parabéns pelo post!

    ResponderExcluir

Vídeo da Semana