Fashion Revolution Day: "Quem faz a sua roupa"?

A pergunta (parece) é simples: Você sabe quem faz suas roupas? Essa é a principal discussão do movimento internacional Fashion Revolution, que a cada ano vem ganhando força e visibilidade no Brasil e, que neste ano contará também com o apoio dos alagoanos. 

O movimento Fashion Revolution nasceu em reação ao trágico desastre ocorrido em 2013 em Bangladesh, numa das inúmeras fábricas que lá existiam e que mantinha seus operários em condições subumanas, um desastre que matou mais de 1.133 pessoas e deixou 2.500 feridos.  

Esse foi o ápice para o ponto de partida do Fashion Revolution (Revolução da Moda), movimento criado em Londres pelas designers e ativistas Carry Somers e Orsola de Castro com o objetivo de evitar mais acidentes, tornando o mercado fashion mais seguro, sustentável e humano.  
O primeiro Fashion Revolution Day ocorreu em 24 de abril de 2014 reunindo mais de 70 países. Em 2015 o Brasil foi incluído através da cidade de Pomerode - SC. Em 2016 a tendência é que outros estados também participem do movimento, como é o caso de Alagoas, que se organiza pelas redes sociais para o próximo domingo (24). 

Segundo a organizadora local e empresária Manu Mortari: "O estado apesar de ter poucas fábricas, de qualquer forma tem muita gente que consome roupas de diversos lugares do mundo, então a ideia é conscientizar quem produz e quem compra (que na maioria das vezes só quer saber o preço barato e não quer saber se foram crianças escravizadas que fizeram)"

Manu Mortari recebeu recentemente o título de embaixadora pela Fashion Revolution Nacional e, se organiza para fortalecer o movimento em Alagoas, reunindo formadores de opinião, fashionistas, produtores e empresários de moda. 
A campanha 

No próximo domingo (24), a campanha será difundida especialmente nas redes sociais, onde os interessados pelo movimento irão compartilhar em suas redes uma foto usando roupas pelo avesso com etiquetas à mostra. O intuito é fortalecer a discussão para: "Quem faz a sua roupa". As hashtags utilizadas serão: #whomademyclothers #QuemFazSuaRoupa #fashrev e #fashrevmaceio.

Saiba mais sobre a campanha Fashion Revolution através do site: fashionrevolution.org/brazil. Confira no vídeo abaixo fotos e fatos inspiradores. 


Siga também o Instagram do movimento: @fash_rev. Participe também! 

Conteúdo Masculino · Layout Free por Alves Alvin · Alterações principais por Chave Criativa | Todos os direitos reservados - Copyright © 2015 · Tecnologia do Blogger